Produções científicas – Registo e Pesquisa de DOIs

O DOI (Digital Object Identifier) é um identificador único e persistente que permite distinguir de forma inequívoca os objetos digitais, nomeadamente publicações científicas e conjuntos de dados de investigação.

O DOI consiste em um código alfanumérico com uma estrutura bem definida:

Uma vez atribuído o DOI este pode ser utilizado para associar o produto científico, e todos os metadados que o descrevem, a outras entidades do sistema científico (autores, financiamento, instituições, entre outros) tornando-o mais visível e acessível.

A atribuição de DOIs está a cargo de agências de registo. A FCT tornou-se membro de uma das Agências de Registo, a DataCite, para poder fornecer este serviço à comunidade académica e científica em Portugal no âmbito da rede RCAAP – Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal.

O serviço de Atribuição de Identificadores Persistentes DOI oferecido pelo RCAAP é destinado às instituições do sistema científico nacional para poderem atribuir DOIs às produções científicas com avaliação por pares e dignos de citação, conferindo-lhes permanência e interoperabilidade entre sistemas.

Saiba como aderir ao serviço aqui.